4.28.2013

Don't talk with the fox about the secrets that your eyes say.



Gargalhadas afastam os bichos necrófagos de comerem o que resta de mim quando todos se limitam a ignorar o que dentro deste corpo não pára de bater impulsivamente, descontroladamente. Álcool sobre as feridas em sangue parece cócegas quando comparado à dor de um coração despedaçado. Eu bem que sei disso mas mesmo assim umas quantas vezes não chegam para adormecer a desconfortável e insatisfeita esperança de sentir um calafrio nos dedos; Quem mo fará sentir, depois do nascer de um beijo verdadeiro? Vontade não falta, de me atirar ao chão e rasgar as cortinas que escondem o meu melhor e o meu pior. Ser fraco às vezes poderia ser uma sorte quando o coração palpita dorido e mesmo assim não desiste de amar os pássaros que fazem ninhos nos meus bolsos sem fundo onde se espalham e se perdem tantos sentimentos vividos e esquecidos quantas estrelas os céus românticos de verão têm. Pessoas que entram na minha vida, que julgam, que encantam, que mentem, que enganam e no fim partem sem dizer adeus quando suas as malas pareciam ser parte da decoração habitual e desajeitada. Apenas sinto falta, da estúpida inocência e dos tempos que as coisas pareciam ser boas, sérias e verdadeiras e se desenvolveram para nada mais que noites de angústia mal dormidas, umas lágrimas caídas e uns suspiros levados, sabe o vento para onde. Só sinto falta de sentir algo, bom ou mau… Algo que apenas me fizesse sentir vivo.

144 comentários:

  1. Respostas
    1. Oh, obrigado. :3 Também não me ficas nada atrás!

      Eliminar
    2. Fico sim! Eu neste blog não escrevo assim textos como fazia no meu blog antigo.

      Eliminar
    3. Não é por não publicares textos tão elaborados que me ficas atrás fofinha. :) O talento está todo lá que eu bem sei.

      Eliminar
  2. parabéns por mais um belissímo texto. beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada. A felicidade está comigo*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens de agradecer e ainda bem que o está. ^^ Um beijinho, bom começo de semana.

      Eliminar
  4. R: Não quero chatear... Também não sei o que dizer... Deixa lá... Obrigada querido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em primeiro tu não me chateias, nem penses isso! Não chateias mesmo. :) E segundo não tens de me agradecer. Agora se não sabes o que dizer é outra coisa... Resta-me desejar-te força e que a felicidade e paz chegue em breve. Gosto de ti, cuida-te ok?

      Eliminar
  5. mais uma vez, devoro as tuas palavras, são perfeitas! lindo texto! bons eram os tempos da nossa inocência, tempos esses que não voltam. a realidade do agora é mais dura, mas tudo passa, tudo tem um fim, assim como a dor, e essa é a parte boa. um dia tudo passa *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelos elogios e pelas palavras meigas. :) Um grande beijinho. Bom começo de semana.

      Eliminar
  6. Mais uma vez, um texto fantástico!
    R: A sério? Conta-me mais! É sobre quê, exatamente? Isto, claro, se quiseres revelar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É difícil de te explicar sem revelar demasiado o meu trabalho, sabes? Quer dizer, não é que seja um mistério ou um segredo mas não fico muito confortável de partilhar algo a que me dedico à tanto tempo na Internet, visível a qualquer pessoa. I'm Sorry.

      Eliminar
  7. R: Fica em Paris, se fores lá por favor leva-me contigo :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh A, podes querer que levo porque não pesco nada de Francês! De todo modo também não preciso de conversar para ficar muito satisfeito com o atendimento! ahah.

      Eliminar
  8. O amor pode mesmo magoar-nos e tirar-nos o chao nao é?...
    Enfim, adorei este texto, esta realmente lindo *_*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado fofinha pelas palavras e sim, tens toda a razão. O amor pode ser o melhor remédio de alguns mas também é a maior doença de muitos :/ Sou um azarado ao amor.

      Eliminar
  9. R: Se não te importares que eu saiba, podes-me enviar por comentário que eu não publico. Ou então por email. Mas se preferires que ninguém saiba nada acerca disso, incluíndo eu, eu não me importo :) Só queria mesmo saber mais sobre essa tal história, mas percebo perfeitamente que não queiras partilhar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou já fazer isso. ;) É na boa. Dá-me um bocadinho para resumir eheh.

      Eliminar
  10. Infelizmente ja somos dois...nao tenho sorte nenhuma...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :/ Oh, fogo. Raios parta o amor. O pior é que sou um romântico e imaginar uma vida toda sem romance deixa-me um pouco depressivo.

      Eliminar
  11. R: Também queria que chegasse e que fosse rápido...mas não parece que vá acontecer. Vou simplesmente deixando andar. Mas não tenho mesmo andado bem, principalmente estes últimos dias... Não tenho vontade nem força para nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu entendo bem isso, mas acredita que pouco a pouco vão aparecendo coisas pequenas para te animar, pequenas conquistas e quando reparares já está outra vez preparada para a batalha pela felicidade. É normal esmorecer. :)

      Eliminar
  12. Respostas
    1. Mas até me custa a querer que estejas solteira. Quer dizer, não sou muito bom a apreciar mulheres mas és interessante a nível psicológico e acho que tens uma boa personalidade. E fisicamente és bonita :o

      Eliminar
  13. oh isso deixa-me triste :/.
    óptimo texto ***

    ResponderEliminar
  14. Mesmo! Cada vez se torna mais complicado fazer novas amizades. Dão mais importância ao exterior do que ao que realmente importa: O interior de cada um. E nos dias que correm, nunca sabemos se podemos confiar realmente nas pessoas..!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, às vezes parecem uma coisa e depois são outra. Já tive muitos amigos e já fui uma pessoa popular, com treze anos fazia parte da associação de estudantes da escola e praticamente dava-me com todos os alunos até as coisas terem mudado. Confiei nas pessoas erradas para assumir a minha homossexualidade inicialmente e num piscar de olhos tinha a escola toda a fofocar sobre o assunto. Vi centenas de pessoas com quem falava, almoçava e passava bons bocado virarem-me as costas. Hoje passo por muitos que viram a cara para o lado só para não me dizer «olá». É triste de entre tantos alunos da escola só ter guardado 2 pessoas no meu coração até hoje. Os outros anos foram diferentes e quando mudei de escola (porque o ambiente estava tão mau que fui obrigado a isso) optei logo por assumir-me e acabar com as suspeitas. Se queriam falar mal que falassem, não me importava. Apenas tenho uma boa amiga feita nessa escola, são um total de 3. Três grandes amizades que fiz na minha adolescência por convivência diária. Tenho outros amigos e grandes amigos que conheci na internet, alguns com quem já saí e conheci pessoalmente e se tornaram tão reais e importantes como os outros. Outros que nunca conheci pessoalmente mas que me fazem companhia todos os dias, dão-me apoio e ouvem-me desabafar. Além desses, tenho ainda hoje 239 amigos com quem desabafar se me sentir em baixo. :)

      Eliminar
  15. Respostas
    1. Por acaso calculei que pedras fossem pesadas para andar ao pulso, mas são muito bonitas :)

      Eliminar
  16. Antes poucos e bons que muitos e...meh! :P

    Sabes André, a vida é feita destas coisas...de momentos bons, menos bons, momentos em que parece que o mundo nos vira as costas, momentos em que já não sabemos em quem ou em que acreditar...momentos em que nos sentimos a mais solitária das criaturas vivas e só desejamos que este inferno acabe o mais depressa poss´vel, para voltarmos a ser livres, voltarmos a sermos nada...

    Mas, se há momentos na vida assim tão dolorosos, também há outros em que olhamos e vemos tudo o que já conquistamos. Tiveste já momentos muito dificeis na tua vida, mas esses momentos fizeram-te crescer e tornar a pessoa que és hoje. Olha-te ao espelho. sorri para o teu reflexo. Abraça-te. Sentes esse calor, essa alegria no teu peito? Esse arrepio pela espinha? Tudo isso são sinais que o teu Eu verdadeiro está feliz, porque lhe estás a dar atenção.

    Então, em vez de te lamentares pela falta daquilo que não tens, começa a cuidar do que já tens, que é como quem diz, começa a cuidar mais de ti mesmo.

    Ama-te, valoriza-te, vai à luta!

    R: Obrigado pelas tuas palavras, espero que tenhas entendido a profundidade daquele post, é dos posts mais significativos que já publiquei...

    Abraço grande, resto de bom domingo e boa semana para ti também! :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas tuas palavras, a sério. Sempre que me visitas fazes-me sentir muito bem porque tens uma forma tão calorosa e carinho de dizer as coisas e dar apoio que é realmente tocante. E tens toda a razão no que dizes, só não é tão simples para mim fazê-lo na prática, mas prometo que me esforçarei. :)
      E não tens de agradecer, eu gostei mesmo muito do teu post e acho que o compreendi. :)

      Eliminar
    2. Nunca disse que seria simples :)
      Mas acredita, com o tempo, verás as diferenças! ^^
      :*

      Eliminar
    3. Acredito que sim, obrigado mais uma vez. :)

      Eliminar
  17. Muito bom! Li-o ao som de "Just give me a reason" da P!nk!

    http://www.youtube.com/watch?v=OpQFFLBMEPI

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro essa música, já conhecia claro. :) Obrigado pelas palavras e visita.

      Eliminar
  18. Eu percebo-te. Há medida que vamos crescendo começamos as situações que vivemos ajudam-nos a deixar de ver a beleza da vida e do mundo. Mesmo assim ela existe :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez seja tudo uma questão de pontos de vista. Obrigado pela tua visita e pelo comentário. Um beijinho, boa semana! :)

      Eliminar
  19. adoro o texto, está muito bom mesmo* parabéns (:

    r: é mesmo.. hoje em dia as relações parecem um passatempo para algumas pessoas :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado antes de mais pelas palavras, és uma fofinha. :)
      E sim, tens razão... passatempo discartável, tipo aqueles livros de palavras cruzadas que se leva para praia e se mandar fora passado umas semanas por já não interessarem. :/

      Eliminar
  20. É isso mesmo! Sabes, infelizmente, ainda há muita gente que não lida bem com o facto de uma pessoa ser homossexual, por exemplo. Por vezes chegam mesmo a ser cruéis! As pessoas ainda não têm uma mente muito aberta a esse respeito e as pessoas como uma orientação sexual ‘diferente’ acabam por sofrer imenso na nossa sociedade. Mas sabes, por vezes é necessário acontecerem certas coisas para abrirmos os olhos e percebermos quem realmente está do nosso lado. E o facto de teres assumido seres homossexual, serviu para perceberes quem realmente é teu amigo. Quem realmente dá importância à pessoa que és, independentemente da orientação sexual ou qual outra coisa. Mais vale termos poucos amigos e serem verdadeiros, do que ter muitos e não serem bons. Hoje, sabes com quem podes realmente contar e com esses sim deves importar-te, para os restantes, o desprezo é o melhor remédio! E depois tens também os teus 239 seguidores, com quem vais sempre poder contar. E por vezes é bem mais fácil falarmos com alguém que não nos conheça, do que com aqueles que nos conhecem há imenso tempo. Esses, por norma, têm sempre o ‘hábito’ de nos julgar, enquanto que aqueles que não conhecemos, apenas se limitam a ouvir-nos sem nos apontarem o dedo..!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão. Mas, o que se passa contigo? A conversa começou em ti mas passou para mim sem entender o que sentes, ou o que te faz pensar assim. Queres desabafar um pouco? Estou todo de ouvidos. :)

      Eliminar
  21. R: É uma batalha muito dura... Neste momento não me apetece ser guerreira :\

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :/ Então não sejas. Mas também não precisas de ser derrotada. Não é preciso ser 8 ou 80.

      Eliminar
  22. São amizades que eu pensava que iam durar para toda a vida, mas afinal acabaram ‘num abrir e fechar de olhos’. Apesar de saber que, de uma vez que a pessoa em questão não era o que eu pensava ser e como tal, estou melhor sem ela na minha vida, é estranho ver a amizade a chegar ao fim..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No começo deste ano pus fim a uma grande amizade que tinha há mais de quatro anos e também não foi fácil. Simplesmente foi o melhor naquele momento e agora continua a ser. Estou melhor assim, estou mais aberto, conheço mais pessoas, dou mais atenção aos outros... É sempre triste ver uma amizade chegar ao fim. Essa pessoa desiludiu-te muito?

      Eliminar
  23. R: Pois...eu sei. Tens razão... Vamos ver se amanhã acordo diferente

    ResponderEliminar
  24. Por vezes, apesar de não ser fácil, é o melhor que temos a fazer. Sim, desiludiu, muito mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento por ti. Mas agora só tens é de seguir em frente e continuar. Amigos aparecem onde e quando menos esperamos... :)

      Eliminar
  25. adorei o texto, não te quero ver triste

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh fofinha, obrigado :) És uma querida Nat.

      Eliminar
  26. R: Já comecei a ler e estou a gostar. A série é óptima e, muitas das vezes, considero-a superior a PLL. É verdade, é já esta sexta. Talvez fiquem a saber quem ela é :b ahah

    ResponderEliminar
  27. r: estraanho era se te ficassem bem xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh xD nunca se sabe às tantas até algo podia vestir bem com as minhas curvas arotundadas. ahah

      Eliminar
  28. R: Para ser sincero já não sei. Mas se quiseres estes livros eu posso mandar-te por email, se quiseres o site para fazer download de outros livros eu posso tentar encontrar e depois digo-te :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hm, ok então depois diz-me se encontrares. :) Obrigado desde já.

      Eliminar
  29. R: Mas é mesmo... Eu até já participei numa flash mob dance e adorei! É super divertido. Talvez ainda faça um post com o vídeo hoje... :P

    ResponderEliminar
  30. R: depois quero saber se gostaste do filme ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oki, depois direi algo :P obrigado pela dica.

      Eliminar
  31. R: é mesmo! já nem há respeito nenhum.. enfim.. De nada (:

    (enganei-me no comentário anterior por isso é que eliminei..)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem mal algum isso do comentário. :) Boa semana.

      Eliminar
  32. Mais uma vez adorei ler o que escreveste! Beijinhos

    ResponderEliminar
  33. Compreendo-te tão bem... fez-me sentir um bocadinho menos sozinha ler o teu texto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, infelizmente estamos quase todos para o mesmo :l Parece que este mundo está feito para impostores, pessoas vazias e malandros, em todos os aspectos. né?

      Eliminar
  34. Sim, afinal a vida continua..! Obrigada por tudo, qualquer coisa sabes onde me encontrar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Inês :3 E digo o mesmo. Alguma coisa estou a comentário de distância. :)

      Eliminar
  35. Eu adoro História, principalmente medieval, por isso GoT para mim é tipo o paraíso, adoro tudo! :D

    Gostei do texto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ricardo, eu também *-* A época medieval sempre me atraiu tanto.

      Eliminar
  36. adoro, gosto imenso daquela frase: "álcool sobre as feridas em sangue parece cócegas quando comparado à dor de um coração despedaçado"!
    r: eu até consigo andar mais ou menos, n consigo é fazer as coisas que a stora pede s:

    ResponderEliminar
  37. R: Muito obrigada! Felizmente correu tudo bem :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah estás a ver?! Eu bem disse! Aposto que arrasaste. *o* Adoro dança. Acho tão bonito que ainda haja pessoas da tua idade a aprender e praticar, principalmente Ballet que é cada vez mais incomum a partir de certas idades. As pessoas inscrevem-se para a dança mas optam ou quase sempre pelas mais urbanas ou pelas danças de salão.
      Adoro dança enquanto arte e forma de expressão. *-* Deves ser tão esbelta e graciosa.

      Eliminar
  38. R: Oh, que querido :) E é bem verdade! Cada vez mais o ballet é esquecido, porque as pessoas pensam que é uma dança aborrecida. Na realidade, exige muita técnica e perfeição, cada detalhe é analisado. Sou bastante graciosa como uma bailarina deve ser, mas é curioso como fora da dança sou uma grande trapalhona...! xD Tropeço em tudo quanto é sítio, mas quando danço é como se me transformasse numa pena x)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah és engraçada. :) eu bem sei que o Ballet tem muita técnica, fui bailarino de dança contemporânea e tive aulas de dança clássica antes para adquirir as bases e a postura. Infelizmente lesionei-me gravemente no joelho esquerdo e fiquei incapacitado de praticar. :/ Na altura custou-me imenso mas pronto, hoje sou mais conformado. Foi uma boa fase da minha vida e deu-me muita sensibilidade. Só é um pouco triste é quando se dedicamos a algo e por causa de uma lesão deixamos de poder de um minuto para o outro. Fiz uma rotura de ligamentos em Março de 2011 a meio de um espectáculo. Na altura foi apenas um mau jeito mas eu em vez de parar decidi continuar até ao fim e forcei de tal modo os tendões que fiz uma grande porcaria. :/ Tu entendes certamente, quando está tudo a olhar para nós é horrível falharmos e pararmos a meio. Queremos tanto mostrar como somos bons e ter os nossos minutinhos de brilho que pronto, acabamos por vezes de exigir demasiado de nós mesmos. A rotura de ligamentos seria tratada se tivéssemos uma medicina decente neste pais. Fui visto por mais de dez médicos e nenhum me deu andamento. Apenas um de uma clínica privada reconheceu que eu tinha um grave problema nos tendões e que devia ser operado por ainda ser novo e não haver necessidade de ter um problema para a vida. Os outros médicos disseram que não era nada, que se não jogasse futebol não justificava a operação e que havia casos bem piores que o meu para serem tratados, como tal o meu ficará a agravar com os anos para um dia mais tarde um médico me vir dizer '' Não devia ter deixado a situação alastrar. '' Enfim. :/

      Eliminar
  39. R: Como eu te compreendo! Lamento que isso te tenha acontecido, odiava ter de parar de dançar por causa de um acidente. Há algum tempo aconteceu uma coisa semelhante com o meu namorado, ele joga futebol, recebeu uma proposta para jogar num clube e teve um acidente de mota que o prejudicou e a proposta foi retirada. Ainda hoje está frustrado com isso. Bom feriado para ti :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois o pior é que eu foi por estupidez minha. Primeiro estava tão confiante que não alonguei e aqui os músculos. Tinha passado a semana toda a treinar das dezoito às duas da manhã e mais a escola tinha o corpo e a mente super cansados. Já tinha a dor do joelho à uns dias mas não liguei, achei que era normal por estar a exigir muito mais de mim do que normalmente exigia ao praticar na academia e pronto, foi o que foi. :l
      Estava prestes a ser inserido num espectáculo que ia estrear no centro cultural de Belém e me ia abrir muitas portas e pronto, foi-se tudo. Ainda pensei trabalhar como coreografo mas na altura o rapaz de quem gostava conseguiu ser inserido no tal espectáculo e quando o visitava nos ensaios e assim fica com muita inveja e pena de ele ter conseguido e eu não. :/ por isso percebi que preferia ficar completamente de fora e valorizar e admirar enquanto público. :l

      Eliminar
  40. Fico sempre impressionada com os teus textos!
    Adorava saber expor os meus sentimentos em palavras como tu o fazes :)
    Espero que o vazio não tarda a preencher-se de coisas boas!!!

    Beijinhos :3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, obrigado Jei. :) Não faço nada demais, é questão de sensibilidade com a escrita. Qualquer um consegue fazê-lo acredita. Quando comecei a escrever assim tudo o que tinha escrito era pequenos poemas pirosos nas aulas e um monte de pequenas histórias no word. Uma amiga recomendou-me fazê-lo e até agora acho que foi o que conquistou os meus seguidores. Talvez eu não publique tanto como os outros bloggers mas também acredito ter o dobro do trabalho, além de que, tenho de mexer muito no campo emocional em busca de fragilidades ou emoções fortes para as puxar para a escrita, e às vezes a vida está tão pacata e dentro das mesmas rotinas que é mesmo impossível escrever sobre algo eheh :l
      Bem, obrigado pela tua visita. Bom feriado. Um beijinho. :3

      Eliminar
    2. Sem dúvida que é o principal atractivo para os teus seguidores! E marcas a diferença!
      Realmente deve dar imenso trabalho, nem todos os dias estamos inspirados, sei o que isso é :s
      Obrigado pelas tuas sugestões!
      E continua a nos deliciar com a tua escrita! :)

      Bom feriado! Beijinhos :3

      Eliminar
    3. Ow, obrigado mais uma vez, eu continuarei com certeza. :)

      Eliminar
  41. R: Bom, mas essa história foi na altura... Se continua a ser um grande sonho, por que não tentar agora? Isto é, a carreira como coreógrafo. Acredito que seja mais difícil alcançar uma vez que já não danças e o nosso país não é grande coisa, mas eu cá acho que os sonhos morrem ainda depois da esperança. A última coisa a fazer é desistir! :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora não faria qualquer sentido, foi algo que passei a amar de um modo diferente.
      Mas obrigado pelas palavras :)

      Eliminar
  42. Respostas
    1. Senti-me quase ofendido / excluído. Que lata! :o

      Eliminar
    2. :o pois pois. agora desculpa-te com sorrisinhos

      Eliminar
  43. O teu texto tocou-me realmente. Identifico-me com as tuas palavras. Fantástico.
    Parabéns :)

    ResponderEliminar
  44. Olá!Tudo bem? Ao tempo que não dás notícias...
    Espero que estejas bem. Alguma coisa que precises, é dizer, oki?
    Tenho um selinho para ti:

    http://virgulasdodestino.blogspot.pt/2013/05/selo-de-incentivo-leitura.html

    ResponderEliminar
  45. Eu adoro, mas adoro mesmo o teu blog!

    ResponderEliminar
  46. Nossa, muito lindo teu texto e descreveu exatamente o que ando sentindo, mas nao consigo expressar ;x
    boa semana, beijos

    ResponderEliminar
  47. Está maravilhoso! Identifico-me e entrego-me totalmente a este texto!
    Seria uma pena deixares de escrever... ADORO ler os teus textos, de verdade!
    És uma inspiração e exemplo a seguir. E o que ainda mais me impressiona, é que poucos rapazes a têm mas eu consigo sentir a tua sensibilidade :)
    É fantástico! Uma ótima semana*

    ResponderEliminar
  48. Já podias voltar, tu! Como tens andado? Espero que melhor! Fazes falta, só assim /:

    ResponderEliminar
  49. Adorei o que escreveste, tens muito jeito.
    Está simplesmente espetacular

    ResponderEliminar
  50. Escreves mesmo mas mesmo muito bem!
    adorei o blog!

    ResponderEliminar
  51. Olá, mudei de link. Este é o novo:
    http://putdowntheknifelittlefighter.blogspot.pt/

    POR FAVOR, APAGA ESTE COMENTÁRIO

    ResponderEliminar
  52. Olá, mudei de blog, caso queiras continuar a seguir-me, estou por aqui: http://flores-delotus.blogspot.pt/
    (apaga este comentário sff)

    ResponderEliminar
  53. Simplesmente tenho saudades*
    Pensando com arte.

    ResponderEliminar
  54. Falta-te algo, novamente, quero que mudes esse sentimento e que sintas o vento que te esta a voar ... sabes? as vezes não precisamos do que queremos, precisamos sim de abrir os olhos para o que temos a nossa volta.

    um beijinho,
    com saudade e esperando opinião,
    pensando com arte.

    ResponderEliminar
  55. Adorei o que escreveste.. O verdadeiro sentimento de coração partido.. a angustia

    ResponderEliminar
  56. Está magnífico, adorei! Escreves de uma maneira tão harmoniosa!

    ResponderEliminar
  57. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  58. Adorei :)
    Tens mesmo talento :O

    Mas olha, tens de tar HAPPY ;)
    Beijinhos :)
    Segui :)

    ResponderEliminar
  59. Adoro a tua escrita é espetacular...
    What is bad for your heart is good for your art!

    ResponderEliminar
  60. Lindo texto, me identifiquei... Parabéns

    ResponderEliminar