3.25.2013

Be Human



Sopra forte e frio a brisa de Março, quando a Primavera se espalha na paisagem salpicando de cor cada detalhe e pormenor que da minha visão sempre escapa. Pudesse essa Primavera salpicar também os dias cinzentos em que te escrevo sobre o significado que tem para mim o teu olhar cor de mel, o teu sorriso abafado e o teu subtil odor a cigarro apagado de fresco. Dias que te escrevo, com a chuva a bater na janela, as mais inocentes cartas de amor que nunca te enviei. E é nessas cartas que te conto tudo o que comigo se passa. Todos estes medos e inseguranças que me corroem como um veneno que me afoga na mágoa solitária existente dentro de mim, como uma doença que me impede de ser feliz. Pudesses tu entender do que te falo, sempre que te escrevo as mesmas frases direitas por linhas tortas e compreender cada medo mais frágil e humano que me completa. Porque são estes medos que me fazem dizer as coisas que não quero nas horas mais difíceis, sempre que te quero abraçar e as pernas trémulas impedem de avançar até ti. Quantas vezes não pensei fazê-lo, naquelas noites de insónias que te procuro ao meu lado e não te encontro. Pudesse eu controlar esta covardia selvagem e indomável e deixar que então essa Primavera salpicasse também os dias cinzentos. 

101 comentários:

  1. oin que simpático, é tão normal :) sigo-te de volta :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Tânia, sê bem-vinda ao meu espacinho.

      Eliminar
  2. linda as palavras, incrível a capacidade de despertar tanto sentimento *-* boa semana.

    ResponderEliminar
  3. As raparigas hoje em dia já não tem a prioridade de ter filhos, mas sim de ter uma vida "estável" e só depois quando já são trintonas pensarem nisso.
    Eu por exemplo conheço um casal, que aos 20 anos, já viviam juntos e decidiram ter um filho, para que apenas tivessem 20 anos de diferença, e que assim podessem aproveitar mais coisas com os filhos enquanto são mais novos, agora tem 33 anos ambos, e aproveitam bem o tempo com o filho.
    Isso da adopção até é bom para os casais que querem ter filhos mas que a mulher se recusa a ser mãe. É a diferença a meu ver. Eu por mim não me importava de ter um Casal, mesmo que um fosse mesmo filho e outro adoptado, iria trata-los da mesma forma!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, Entendo-te. Mas ainda és novo, e não é por teres um filho mais tarde ou mais cedo que não o vais aproveitar... :) Tudo depende de ti, e do tipo de pai que queres ser. Eu e a minha mãe temos apenas dezasseis anos de diferença e não é por isso que ela é melhor ou pior mãe. É mais jovem, gosta de sair, mas acredita isso só tem piada até aos 12. Eheh. Nenhum adolescente gosta de andar com a mãe atrás para todo o lado. Há uma diferença entre tempo para família e tempo para amigos e afins, que normalmente os pais mais novos não entendem. Além de que é altamente incomodo ouvir certos ranhosos comentarem a minha mãe por ela ser tão jovem e parecer tão.. viva xD
      Claro que não quero uma mãe velha chata que só quer ver telenovelas e fazer botinhas de lã, mas pronto, às vezes não é exactamente o que se pensa, apesar de eu adorar a minha mãe e adorar quando toda a gente fica invejosa da minha mãe ser tão ' para a frentex ' AHAHAH.

      Eliminar
  4. As vezes não nos é de nós salpicar o que não devemos...? E que tal salpicar, ou tentar, salpicar outros horizontes?

    RSP: Desculpa, mas a minha ausência deve-se a afazeres e a pouca estabilidade de alma...peço desculpa, quando começara escola novamente ainda será pior *
    Bom, eu também sou diferente da sociedade, talvez por nunca ter namorado ou por andar em artes e ter uma alma demasiado alma...mas já fui a uma discoteca e adoro sair e divertir-me, mas tenho escolhas: a natureza sempre em primeiro lugar.
    És homossexual e admites isso é um privilegio de alma e não digas que por isso és diferente, apenas admites o que és!!
    Exato talvez um dia entres, por enquanto tenta arranjar um emprego que te estabilize !
    Os meus amigos tanto dizem "amo-te" como "adoro-te" no entanto eu nunca, penso que nunca...disse um "amo-te" a um amigo ... ainda me recordo da ultima vez que disse um amo-te a uma pessoa ... e foi por amor *

    Quanto a mim? Se queres saber coisas sobre mim fico a espera de perguntas (:
    Um beijinho,
    Pesando com Arte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás desculpada. Obrigado pelas tuas palavras. :)
      Um beijinho.

      Eliminar
  5. Tu tens mesmo jeito para escrever :)

    Eu não quero ser pai muito cedo, mas também não quero ser muito tarde mesmo pelo que dizeste para depois nao ter "uma velha" que quer é ver novelas :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheh, obrigado pela parte que elogiaste o meu jeito para a escrita :)

      Eliminar
  6. R: sim eu acho que cada pessoa deve ser feliz como bem entender (:
    Nunca te iria julgar (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ^-^ Que fofa! E não te preocupes que já fiz o que pediste quanto ao outro comentário.

      Eliminar
  7. r: muito obrigada (:
    Sim claro que vale

    ResponderEliminar
  8. Porquê esperar que a Primavera salpique o que quer que seja em vez de sermos nós a procurar salpicar-nos a nós mesmos? :) Vou seguir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é tão simples fazer como dizer, principalmente quando está tudo contra nós, aparentemente. Obrigado por seguires, fica à vontade.

      Eliminar
    2. Sabes, acho tudo é uma questão de vontade: as coisas acontecem e contra isso somos impotentes, mas a forma como lidamos com os precalços que nos aparecem, isso depende inteiramente de nós. Compreendo como é difícil, mas também sei que por vezes basta um pouco de esforço da nossa parte para que tudo corra melhor, só temos de fazer por isso. Mais que ninguém, só nós sabemos o que nos faz felizes, e nos momentos mais sombrios é quando devemos empreender toda a nossa força na busca de um pouco de alegria. Reconheço que a minha visão das coisas é um pouco utópica para quem a escuta pela primeira vez, mas na verdade, o simples facto de fazermos frente aquilo que nos atormenta, só isso, faz com que a angústia diminua. Abre as janelas, apanha flores, dança à chuva, come gelados e vê como por vezes ignorar a dor não faz com que desapareça, mas pelo menos torna-a suportável, e com o tempo, quase inexistente :)

      Eliminar
    3. Eu nunca disse que não era suportável Dan, e admiro o teu modo de pensar. Tão maduro... a questão é que, não é por ignorar os problemas, fingir que eles não estão lá que as coisas na vida melhoram e ficam bem.

      Eliminar
    4. sim, reconheço que essa é talvez uma das minhas maiores falhas: à força de tanto querer afastar as sombras que por vezes me acompanham, acabo por fugir-lhes, o que nem sempre é certo...

      Eliminar
  9. escreves tão bem, sabes conjugar as palavras optimamente bem

    ResponderEliminar
  10. Tenho pena que tenhas perdido a tua madrinha. Mas acredita que vou valorizar muito a companhia dela amanhã, pois já não a via à não sei quantos anos. Por isso não é uma pequena coisa indiferente.
    Bom fim de semana para ti também!

    ResponderEliminar
  11. É fascinante a forma como escreves de forma tão particular, todos os teus textos aqui são reflexo de ti mesmo e é isso que cativa os teus leitores.
    Como sempre vale a pena cada minuto que passo aqui.

    Forte Abraço e boa pascoa :)

    ResponderEliminar
  12. adoro o modo como jogas com as palavras, parabens :) beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Obrigada, boa semana! Um texto excelente como sempre :)

    ResponderEliminar
  14. Adorei o texto!
    R: Muito obrigado, a sério :D Também já te estou a seguir, como é óbvio :)

    ResponderEliminar
  15. ainda bem que passaste :D, o cursor até que é giro . fico feliz por gostares da foto . boa Páscoa , cheia de chocolates :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim é. adoro ir brincar com ele. ahah. gay moment. xD

      Eliminar
  16. Muito obrigada e espero que tambem tenhas um optimo fim de semana, uma Pascoa feliz eheh :))
    Texto lindoooo!

    ResponderEliminar
  17. Oh obrigada querido espero melhorar rápido mesmo :D
    Chocolates não , se não engordo ahhahahhahaha
    Boa Páscoa (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, engordas nada! :o
      Nem na páscoa? Que se lixe os quilinhos, páscoa sem chocolate é que não. eheh :B

      Eliminar
  18. concordo contigo. adorei o texto :)
    desejo-te o mesmo!

    ResponderEliminar
  19. - ahahah o pior é que não é só na Páscoa , sou louca por chocolates *.*
    - eu sei , já tinha reparado , adoro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Junta-te ao clube, por isso é que tou gordo que nem um porco. :o
      Adoras o quê? a foto?

      Eliminar
  20. não foi nada um gay moment, o ponteiro pode ser uma "ela" :D xD

    ResponderEliminar
  21. - eu tenho que comer um pouco todos os dias se não não sou a mesma ahahahhha , e também já estou mais gordinha mas agora com o inicio das aulas vou ao sitio espero eu *
    - a tua foto de perfil , está bonita ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hunf, a mim duvido muito que vá ao sitio assim do nada. :/ E com este tempo de caca também não posso ir correr ou caminhar né, abdominais em casa até pode ajudar mas muito pouco ou nada, porque pronto.. :C Buaaa.
      E obrigado pela parte da foto, és um fofita daquelas!

      Eliminar
  22. "Dias que te escrevo, com a chuva a bater na janela, as mais inocentes cartas de amor que nunca te enviei. E é nessas cartas que te conto tudo o que comigo se passa. Todos estes medos e inseguranças que me corroem como um veneno que me afoga na mágoa solitária existente dentro de mim, como uma doença que me impede de ser feliz." escreveste exactamente como me sinto. Bom fim-de-semana! E boa Páscoa e muitos ovinhos de chocolate :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, obrigado, muitos ovinhos para ti também. ihih. :)
      Precisas de desabafar algo fofinha?

      Eliminar
  23. ainda estudas certo ? a mim a rotina das aulas faz-me emagrecer e a comida da cantina da escola também , porque é horrível aahahah.
    Não sou nada disso sou normal como todas as pessoas do blog acho eu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não estudo. Sabes como é, acabei o ensino secundário e as coisas não estavam muito bem. Os meus pais estavam a separar-se, eu não sabia bem o que queria tirar e também não quis estar a ser um peso na carteira cá de casa por mero capricho. Seria hipócrita estar a seguir algo que não me dizia muito, e por isso, fui trabalhar no verão e em Outubro decidi começar a tirar a carta. Há cerca de três semanas que ando à procura de emprego e não está fácil para começar. Não exclui a hipótese de voltar a estudar, até porque gostava... mas por enquanto não.

      Eliminar
  24. conto sim , eu e o meu namorado fomos fazer essa tatuagem que viste fizemos no pulso , não doeu nada estava com medo realmente que doesse mas foi tranquilo só doeu um pouco a preencher na parte preta do coração nas bolinhas de resto não doeu nada.
    Ele fez igual a minha para nós tem um significado e para as pessoas tem outro no fundo tem dois significados mas nunca ninguém descobre ahahahahahhahahahahah :)

    love love tatoos , faz a sério *.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quanto à Tattoo, opa vou fazer mais tarde, quando me encher de coragem e zás! ahah.
      Houve uma altura da minha vida que quis fazer o braço esquerdo completamente cheio delas, todas com grandes significados para mim. Hoje em dia estou na fase mais soft, coisas mais discretas e pequenitas que a roupa tape facilmente. :)

      Eliminar
  25. Descobri hoje o teu cantinho e estou a seguir-te. Tocas as palavras de uma forma muito especial, gostei imenso (: beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh. Sê bem-vinda Mariana, fica à vontade!

      Eliminar
  26. Eu aprendi com o tempo a não questionar "Porquê eu?" mas sim a perguntar "Porque não eu?", e hoje por algum motivo me sinto profundamente deprimida. Eu nem ligo a datas festivas, penso que são só mais um dia do ano. Mas não sei... Nem eu mesma sei o que se passa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :( Se precisares de desabafar estou aqui, podes contar comigo. Muitas vezes também me sinto muito deprimido, aliás, é raro haver um dia que esteja triste e eu dou valor ao que tenho, ao contrário do que dizem, simplesmente as coisas más que ocorrem me impedem de ser feliz o quanto queria.

      Eliminar
  27. percebo , são sempre situações difíceis mas ás vezes é melhor assim , eu ando a fazer o 12º num curso profissional de auxiliar de saúde , mas sabes o que me preenche e música e escrita mas vou acabar o curso e trabalhar que a vida não anda fácil e também não quero preocupar os meus pais com despesas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acabei o 12º num curso profissional de cozinha / Pastelaria, e também não foi bem o que quis. Foi um pouco por falta de hipóteses e influencia. Acho uma estupidez escolhermos o que queremos ser e seguir com quinze anos.. Mas enfim.

      Eliminar
  28. então ? não é preciso grande coragem ahahah isso é tudo medo ?
    - Não doi acredita ! *.*
    mas quando a fizeres mostra-me se ainda mantivermos o contacto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tontinha, não é tudo medo. É questão de eu ainda me achar novo para isso. Além disso, seria mais fofo fazê-lo com alguém, como tu fizeste. :)
      E quanto ao contacto, porque não trocamos contactos? Eu deixo-te os meus. Não publiques. xD

      Eliminar
  29. quando quiser dicas de cozinha ou receitas venho falar contigo ahahah *
    Pois é uma pessoa as vezes ve se obrigada a escolher o que não quer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah sim, faz isso. ahah. :P Na verdade ando a trabalhar num projeto do Blog que envolve uma parte de receitas... mas shiuuu, é segredo!

      Eliminar
  30. acho isso excelente !
    sim é fofo mas tens de ver se esse alguém vale a pena *
    e confessa é medo sim ahahahahahha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok,Facto sobre mim: #1 eu desmaio a fazer análises... xD

      Eliminar
  31. olha que faço mesmo isso , oh deixa-me ver esse "segredo" :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não está feito ainda, ando a trabalhar nele...

      Eliminar
  32. achas que ia publicar ? não sou assim tão tota ahahahah
    mando já uma coisinha *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, não estou a dizer que és tonta mas podias ser distraída xD
      Okey, fico à espera. 'u'

      Eliminar
  33. ahahahah bem que me pareceu que isso era medo , oh que fraquinho que me sais te rapaz :D
    brincadeira , ahahah :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opa :( Da última vez que fui às análises foi para esquecer!

      Eliminar
  34. podes sempre fazer com anestesia apesar de não te valer de nada ficas com a consciência mais tranquila (:

    - Já eu adoro agulhas e seringas :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Omg :( Se a anestesia fosse em pastilhas até ia.

      Eliminar
  35. ainda dizem que as mulheres é que são sensíveis :D

    ResponderEliminar
  36. uma nova forma de dar anestesia , agrada-me isso de ser em pastilhas apesar de as agulhas não meterem medo mas era mais agradável e tu já conseguias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheh, só inovações! Mas vá, um dia faço. Faço mesmo... Nem que seja uma pinta!

      Eliminar
  37. eu tenho um amigo homossexual e olha que não é nada sensível !
    adoro.o é um rapaz fantástico

    ResponderEliminar
  38. Respostas
    1. Bem que podias apresentar... apesar da ideia de gay sem sensibilidade ser... estranha.

      Eliminar
  39. o facto de ser homossexual (não gosto da palavra gay), não quer dizer que seja sensível há uns com uma personalidade bastante forte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha lá, eu tenho uma personalidade muito forte ta bem?! xD
      Só sou sensível com emoções, porque sou um bicho carente. ._.'

      Eliminar
  40. acredito que tenhas não digo o contrário , as pessoas é que dizem que os homossexuais são sensíveis e cheios de manias eu discordo totalmente mas a nossa sociedade em relação a isso é uma merda.
    O teu problema são as seringas

    ResponderEliminar
  41. Muito obrigada. As tuas palavras deixaram-me tão contente :')
    O pior é mesmo a culpa mas vai passar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, ainda bem que deixou alguém contente ^-^
      E dont Worry, tudo passa. :)

      Eliminar
  42. Queres falar sobre o que se passa contigo? :x

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apenas um acumular de corações partidos que originaram muitos medos e inseguranças que vêem ao de cima quando estou a tentar ser feliz.

      Eliminar
  43. adoro a forma como escreves, e adoro o blogue, vou seguir :)

    ResponderEliminar
  44. Muito, muito obrigada (: faço questão de cá passar mais vezes também.
    beijinho.

    ResponderEliminar
  45. Escrita magnífica, a forma como te expressas é simplesmente maravilhosa. Por mais que os dias sejam cinzentos, na escrita encontrámos uma forma de transpor o que de verdade somos.
    “as mais inocentes cartas de amor que nunca te enviei.” – quantos de nós já não nos deparámos com esses volumes de papel, guardados numa gaveta como se a sete chaves estivessem fechados, guardados para que um dia quem sabe consigamos expor todo maravilhoso significado neles transcrito.
    A vida não é um mar de pétalas de rosas, mas sim das rosas em si. Ao longo do percurso vamos encontrando espinhos, por vezes dos mais duros de ultrapassar, contudo temos que acreditar que no final iremos encontrar e ser recompensados com a mais bela e encantada flor! E a nossa vida é assim, nunca podemos desistir e perder a esperança, pois cada obstáculo encontrado será recompensado, quanto muito por um sorriso, mas tudo a seu tempo.
    Acredita!

    ResponderEliminar